Mormon Newsroom
Comunicado de Imprensa

Semana da Educação 2020: Terceiro dia é focado nos caminhos para a educação técnica e MBA no exterior

Evento gratuito promovido por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias reúne diversos especialistas para falar sobre educação, mercado de trabalho e preparação para o futuro

Afinal, fazer um curso técnico realmente ajuda a ingressar no mercado de trabalho? Essa pergunta foi amplamente discutida por um time de especialistas durante o terceiro dia da Semana da Educação 2020. Na primeira live do dia, “Como um curso técnico pode te ajudar a construir um futuro brilhante”, um jovem estudante acompanhado de uma dupla de profissionais, que juntos somam mais de 50 anos de experiência, deram um panorama sobre a importância da formação técnica para iniciar uma carreira.

Aos 17 anos, o técnico em edificações, Allan Tresano Lucas é um exemplo da importância do curso técnico para a entrada no mercado de trabalho. Ele se formou em dezembro do ano passado e em janeiro deste ano, já estava empregado. Allan participou da transmissão, juntamente com o gerente regional do Senai de São Paulo, Ricardo Terra, e o empresário do ramo de tecnologia Denis Pedro.

Os três participantes iniciaram a carreira profissional na área técnica. Eles destacam que o estudo e a constante atualização de acordo com a demanda e o avanço da tecnologia são a chave para o sucesso. Denis Pedro, por exemplo, destacou que “existem muitas vagas de TI no mercado de trabalho, mas faltam profissionais qualificados. São muitas oportunidades em aberto", e deu dicas de como se preparar para as exigências do mercado.

“O curso técnico de nível médio tem curta duração e possibilita geração de renda num curto espaço de tempo”, explicou Terra, que começou a carreira profissional como técnico em eletrônica e se tornou um executivo de uma empresa com 6.500 funcionários. E para quem quiser decolar na carreira, Denis Pedro aconselha: "Estude e fortaleça seu currículo. Estude inglês, utilize o EnglishConnect, oferecido gratuitamente pela Igreja para membros e não membros".

Às 19h do terceiro dia da Semana da Educação 2020 foram apresentados os recursos educacionais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e como obter um diploma internacional através das universidades por ela mantidas. Carlos Gámez, gerente de Educação da Igreja no Brasil, explicou o programa de financiamento de estudos patrocinado pela Igreja, o Fundo Perpétuo de Educação (FPE), que visa a abençoar a vida de seus membros a partir de 17 anos. No Brasil o programa existe há 18 anos e já ajudou a milhares de pessoas.

Logo em seguida o gerente da BYU-Pathway Worldwide, Silvio Guimarães, teceu seus comentários sobre o EnglishConnect, um programa de ensino de inglês básico, de baixo custo, para membros e amigos da Igreja. Para participar é requerido apenas arcar com os custos do material didático. Os primeiros dois níveis do EnglishConnect são ministrados nos prédios da Igreja sob a organização da liderança local. Já o terceiro nível, intermediário, é mantido 100% online e prepara para as oportunidades de educação do BYU-Pathway Worldwide que, por sua vez, é também um programa de estudos a distância, totalmente em inglês, e tem por objetivo preparar o aluno com fundamentos espirituais e conhecimentos acadêmicos básicos.

Ao ser questionado sobre a emissão de certificado de conclusão, Guimarães ressaltou que é emitido um reconhecimento de participação. Contudo, “em uma seleção de emprego o recrutador está interessado em saber se você fala inglês, isso é mais importante” comentou. O jovem Vinicius Soares, ex-aluno do Pathway em 2019 e atualmente aluno da Universidade Brigham Young-Idaho (EAD), compartilhou sua experiência com o programa: “Sinto-me muito abençoado e com mais confiança para fazer o que o Senhor espera que faça”.

E por fim Jeffrey Morrin, vice-presidente da BYU-Idaho, discorreu sobre as três universidades da Igreja nos Estados Unidos que tem missões semelhantes, mas com focos diferentes. A maior, Brigham Young University-Provo (Utah, EUA), tem requisitos mais difíceis, maior quantidade de cursos e vários programas de MBA. Já a BYU-Idaho quase todo mundo consegue se matricular por ter requisitos mais baixos, apesar de ter mais de trinta mil estudantes. BYU-Havaí é a menor delas, voltada para alunos de culturas da região do Pacífico.

Jeffrey destacou a importância de começar cedo a preparação tanto no inglês quanto no financeiro caso tenha interesse em estudar em uma das três instituições de ensino superior. Ele também falou das vantagens de ter uma educação de qualidade barata comparada a outras universidades estrangeiras e de estar em um ambiente espiritual e entre outros alunos comprometidos com elevados valores morais.

A pandemia atual fez com que os planejamentos de muitos jovens fossem adiados, mas o estudo não precisa ser um deles. Os palestrantes Marcelo Silva, que fez MBA em Finanças na BYU – Provo, Pedro Santos, que cursa um MBA em Operações e Supply Chain na BYU - Provo e Paulo Asconavieta, que fez doutorado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, apresentaram dicas e motivos para não desistir do objetivo de participar de um curso de Ensino Superior e permanecer com a meta de continuar estudando afim de conseguir cursar um MBA na Universidade Brigham Young, encerrando a noite da Semana da Educação.

“Estamos vivendo uma grande revolução e isso vai impactar todas as áreas do conhecimento. Não apenas a informática”, relata Paulo. Segundo o orador, é necessário estar preparado para a mudança que já estão acontecendo e o planejamento prévio juntamente com o Ensino Superior é um desses passos, que pode ocorrer através do Ensino Tecnólogo, que possibilita uma visão específica em determinado assunto com urgência de mercado ou também num bacharelado, que proporciona uma visão mais ampla para a carreira.

De acordo com Marcelo Silva, a preparação durante os três anos de Ensino Médio para o ENEM é essencial, o que requer a elaboração de uma estratégia com os passos para chegar até o objetivo final, uma faculdade, e afirma que vale o sacrifício na educação.

Pedro Santos apresentou informações valiosas para aqueles que já passaram pelo Ensino Superior e estão em busca de maior qualificação, mas que não tem tanto poder aquisitivo para custear um MBA em uma universidade americana. O estudante da BYU cita a bolsa Cardon, disponibilizada exclusivamente para estudantes estrangeiros que precisam de ajuda financeira. Essa bolsa auxilia o aluno com o material didático tanto quanto possibilita uma vida mais confortável nos Estados Unidos, já que a BYU não permite que o acadêmico de tempo integral trabalhe enquanto cursa os estudos. O palestrante menciona que o MBA é uma maneira de conseguir novas oportunidades assim como um modo de ampliar a rede de contatos profissional e expôs a principal diferença entre o ensino no Brasil e no exterior: “Todas as aulas são baseadas em estudos de caso”.

Todas as discussões do dia foram úteis para o público jovem e adulto que tem o desejo de cursar no exterior ou se dedicar a cursos técnicos ou tecnológicos visando o rápido ingresso no mercado de trabalho.

Todas as lives da Semana da Educação 2020 ficarão disponíveis nos canais da Autossuficiência Brasil no YouTube e nas redes sociais. Saiba mais em semanadaeducacao2020.com.br.

       

Semana da Educação - A Semana da Educação 2020 se estenderá até o dia 01 de agosto, com transmissões gratuitas e abertas a todos os públicos, membros e amigos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O evento reúne mais de 40 especialistas em educação e empresários, que discutem a importância da formação educacional e os caminhos para conquistas significativas no mercado de trabalho.

Nesta sexta-feira, a programação será:

17h30 - “Como conseguir o primeiro emprego: programas de aprendizagem, estágio e trainee”, com Luana Matos, Flávio Valiati e Beatriz Clemente

19h - “O papel dos pais em ajudar os filhos a alcançar um futuro brilhante”, com os casais Fábio e Mariah Pereira, Rodrigo e Suelen Catingueira e Cláudio e Maria Carla Barbosa

20h30 - “Como preparar-se com sucesso para uma Carreira Pública”, com Erico Pallazzo e Paulo Guimarães

Confira a programação completa e o perfil dos palestrantes em semanadaeducacao2020.com.br

Serviço: Semana da Educação 2020

De 28 julho a 1 agosto 2020 às 17h30, 19h e 20h30

A transmissão de todas as palestras será através das mídias sociais da Autossuficiência Brasil (YouTube, Facebook e Instagram) ou através dos seguintes links:

facebook.com/autossuficienciabrasil

instagram.com/autossuficienciabrasil

youtube.com/autossuficienciabrasil

Inscrições em semanadaeducacao2020.com.br

Informações para Imprensa:

Nei Garcia (11) 98467-4999 / garciantj@churchofjesuschrist.org

Thiago Quirino (11) 98467-6465 / quirinot@churchofjesuschrist.org

Texto produzido com a colaboração das jornalistas voluntárias Letícia Pinheiro, Lylyanne Valeriano e Francisca Freire.

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.