Mormon Newsroom
Comunicado de Imprensa

Últimas notícias sobre a reabertura de templos

Líderes da Igreja expressam gratidão e enfatizam cautela, segurança e sabedoria no processo de reabertura em fases

Atualização: Em 10 de maio de 2021, quatro templos no Brasil retomarão as operações em Fase 2. Além disso, o Templo de Toronto Ontario passará da Fase 2-B para a Fase 2.

Veja a lista completa dos templos e seu status.

Os templos continuam a reabrir de maneira cautelosa e cuidadosa, em quatro fases. Os templos na Fase 1 e Fase 2 operam de forma limitada, e com precauções importantes para os oficiantes e frequentadores, incluindo: uso de máscaras em todos os momentos, número muito limitado de frequentadores no templo de cada vez, equipa mínima de apoio ao templo, higienização após cada cerimônia do templo, distanciamento social cuidadoso, nova disposição das cadeiras e verificações de temperatura na entrada do templo.

A reabertura de cada templo é baseada nas circunstâncias locais e restrições governamentais relacionadas à pandemia COVID-19. A prioridade será dada primeiro às pessoas vivas que serão seladas, aos missionários que atualmente servem no campo missionário e, depois, aos missionários a se preparar para partir, com base na data de partida.

Em uma carta direcionada à todos os membros da Igreja, a Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias expressou sua gratidão pelos esforços de todos aqueles que trabalharam para combater os efeitos da pandemia global da COVID-19.

Com profunda gratidão ao nosso Pai Celestial por Ele ter ouvido nossas orações, estamos felizes em anunciar uma reabertura cuidadosamente coordenada, comedida e gradual dos templos", disse a Primeira Presidência. A partir de segunda-feira, 11 de maio de 2020, as ordenanças de selamento de marido e mulher vivos serão realizadas em certos templos, para os membros que já receberam sua investidura.

Selamentos em templos selecionados

Na primeira fase da reabertura dos templos, as ordenanças serão limitadas a selamentos entre marido e mulher vivos para os membros da Igreja que já receberam a investidura. A princípio, o plano foi iniciado em templos selecionados em Idaho e Utah (EUA) e Alemanha e Suécia (consulte a lista atualizada de templos que estão abertos no final deste artigo). O status atual dos templos pode ser visualizada na página de cada templo em Temples.ChurchofJesusChrist.org.

Esses selamentos ocorrerão de segunda à sábado apenas com hora marcada e inicialmente serão limitados a uma cerimônia de selamento ou família de cada vez no templo. Quando o agendamento é feito, a equipe administrativa do templo verifica se o casal mora na área geográfica aprovada para receber as ordenanças naquele templo. Todas as recomendações governamentais e de saúde pública serão observadas, incluindo as restrições relacionadas com viagens e travessias de fronteiras estaduais ou regionais, e o uso de equipamentos de segurança, como máscaras.

Para essas ordenanças vivas de selamento, os templos terão um número muito limitado de funcionários no templo - apenas duas ou três pessoas. Cada noiva, noivo e seu número limitado de convidados serão recebidos na porta do templo e acompanhados para a sala de selamento. Os noivos são convidados a ir ao templo vestidos com as calças brancas habituais, camisa e gravata (para homens) e vestidos (para mulheres). No templo eles vestem as roupas cerimoniais.

O número de participantes em cada selamento será restrito à noiva, noivo e um número limitado de convidados, de acordo com as instruções fornecidas no momento do agendamento. Somente aqueles que estão em boa saúde e não apresentam sintomas da COVID-19 devem ir ao templo. A sala de selamentos e as outras salas do templo serão completamente limpas e higienizadas após cada cerimônia.

Reabertura em fases

A reabertura dos templos ocorrerá de maneira cautelosa, cuidadosamente planejada e coordenada, com base nas restrições do governo local e conforme autorizado pelo Departamento do Templo. As quatro fases da abertura foram planeadas para reduzir os riscos, acomodar a procura e a capacidade do templo e observar quaisquer restrições de saúde relevantes no distrito do templo.

Fase 1: Selamentos vivos de marido e mulher mediante agendamento

  • Realização de selamentos vivos apenas para membros previamente investidos sob diretrizes estritas e precauções de segurança

Fase 2: Abertura apenas para todas as ordenanças próprias

  • Realização de todas as ordenanças do templo para indivíduos vivos
  • Manutenção do encerramento das operações de alojamento, rouparia e restaurante do templo (onde existirem)

Fase 2-B: Aberta a todas as ordenanças próprias e batismos por pessoas falecidas com restrições

  • O mesmo da Fase 2, com a função adicional de batistério do templo aberta para pequenos grupos - especialmente para aqueles com uma recomendação de uso limitado para o templo

Fase 3: Abertura a todas as ordenanças com restrições

  • Continuação das ordenanças para os indivíduos vivos
  • Realização de ordenanças por procuração para antepassados de maneira restrita
  • Operações de alojamento, rouparia e restaurante abertas, conforme necessário

Fase 4: Abertura para todas as ordenanças do templo

  • Retorno de todas as operações regulares do templo

Conforme orientado pelo Departamento do Templo, outros templos irão reabrir com base nas diretrizes do governo local e de saúde pública. Eles seguirão esta mesma abordagem em fases na reabertura, começando com selamentos de marido e mulher com hora marcada.

Prioridade das Ordenanças

Para as ordenanças vivas atualmente programadas, os membros serão contatados pela equipe administrativa do templo para confirmar o agendamento ou reagendar. Será dada prioridade ao agendamento das ordenanças dos membros que tiveram os seus compromissos cancelados por causa da suspensão das atividades do templo. Os membros nessas circunstâncias podem ligar para o templo para agendar uma ordenança. A prioridade final será dada aos novos compromissos.

Informações sobre templos específicos

Os membros podem ver o ponto de situação de abertura do seu templo específico e quais as restrições, acessando o PDF com a lista de templos ou Temples.ChurchofJesusChrist.org. Os presidentes de templo também trabalharão com os Setenta de Área para compartilhar as informações sobre a situação da reabertura de seu templo designado.

Segurança

Além dos processos descritos acima, cada presidência do templo tomará precauções extras para ajudar a proteger os oficiantes e frequentadores do templo. Isso inclui a permissão para que os frequentadores usem as suas próprias máscaras e luvas, fornecimento de gel desinfetante para as mãos em vários locais do templo, incentivo à lavagem frequente das mãos e o distanciamento social apropriado. Todos os que servem no templo o fazem voluntariamente. Também serão feitos ajustes nos horários de funcionamento do templo, mudanças nos assentos nas salas e instalações do templo para aumentar ainda mais a segurança.

A Primeira Presidência concluiu a carta com uma expressão de esperança e um pedido: “Pedimos a  vossa fé e orações contínuas para que esta pandemia e seus efeitos persistentes possam passar. Esperamos ansiosamente o dia em que possamos retomar a operação completa dos nossos templos, congregações e serviço missionário”.

Situação dos Templos

Veja uma lista completa dos templos e sua situação em 10 de maio 2021.

Fase 1

  • Quatro templos estão na Fase 1.

Fase 2

O Templo de Toronto Ontário passará da Fase 2-B para a Fase 2 em 10 de maio de 2021.

  • O Templo de Boston Massachusetts está passando por manutenção programada e será reaberto na Fase 2 em 1º de junho de 2021. Os procuradores agora podem agendar as sessões.
  • 48 templos estão na Fase 2.

Fase 2-B

Os templos nessas 27 localidades começarão a Fase 2-B em 10 de maio de 2021. Observação: O sistema de agendamento online para cada templo será ativado na segunda-feira à noite (horário de Brasília) uma semana antes da data de início agendada.

  • Atlanta, Geórgia

  • Birmingham, Alabama

  • Cebu City, Filipinas

  • Columbia, Carolina do Sul

  • Dallas, Texas

  • Fresno, Califórnia

  • Guadalajara, México

  • Houston, Texas

  • Indianápolis, Indiana

  • Los Angeles, Califórnia

  • Louisville, Kentucky

  • Lubbock, Texas

  • Monterrey, México

  • Nauvoo, Illinois

  • Newport Beach, Califórnia

  • Oakland, Califórnia

  • Oklahoma City

  • Cidade do Panamá, Panamá

  • Port-au-Prince, Haiti

  • Raleigh, Carolina do Norte

  • Redlands, Califórnia

  • Sacramento, Califórnia

  • San Antonio, Texas

  • San Diego, Califórnia

  • Tampico, México

  • Tegucigalpa, Honduras

  • Veracruz, México

75 templos estarão na Fase 2-B em 10 de maio de 2021.

Saiba mais sobre a Fase 2-B.

Fase 3

  • Os templos nas três localidades a seguir iniciarão a Fase 3 em 10 de maio de 2021: Kansas City, Missouri; Londres e Preston, Inglaterra. 
  • 29 templos entraram em Fase 3 em 10 de maio de 2021.

Fase 4

  • 0 templos estão na fase 4.

Pausa nas operações

Os templos seguir pausaram as operações devido às restrições locais do COVID-19. 

  • Templo de Cidade do México México
  • Templo de Concepción Chile
  • Templo de Manila Filipinas
  • Templo de Halifax Nova Escócia
  • Templo de Porto Alegre Brasil
  • Templo de Santiago Chile
  • Templo de Suva Fiji
  • Templo de Trujillo Peru

Templos fechados

  • Templo de Columbus Ohio
  • Templo de Hamilton Nova Zelândia
  • Templo de Hong Kong China
  • Templo de Kiev Ucrânia
  • Templo de Mesa Arizona
  • Templo de Salt Lake
  • Templo de St. George Utah
  • Templo de Tóquio Japão
  • Templo de Washington D.C.

Situação dos Templos no Brasil

Confira a situação atualizada de cada um dos 12 templos do Brasil:

Fase 1

Nenhum templo brasileiro está nesta fase.

Fase 2

Fase 2-B

Nenhum templo brasileiro está nessa fase.

Fase 3

Nenhum templo brasileiro está nessa fase.

Pausa nas operações

Templos anunciados ou em construção

Veja uma lista completa dos templos e seu status atual

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.